Olhos de Jabuticaba e segredos de liquidificador: palavras sobre minha melhor amiga

Ela faz parte da minha vida desde quando os dias não eram tão curtos, mas longos e cheios de ilusões. Nas minhas melhores memórias eu encontro seu sorriso junto ao meu e sua risada ecoando a minha. Posso ver ela brigando comigo pra não bater nela ou não ficar tocando enquanto falava, ou ela ao meu lado cantando alguma música da Pitty encostadas no muro velho da quadra da escola enquanto os mais ranzinzas nos mandavam ficar caladas. Também posso encontrá-la nas minhas memórias mais duras e tristes. Das noites de depressão, de crises de ansiedade, das ligações em prantos, das mensagens madrugada afora pra vencer o pânico. Se a vida nos fez atípicas em um mundo tão clichê, temos a sorte de termos uma a outra pelos últimos 11 anos de nossas vidas.

Ela me ajudou a entender que nada é uma palavra esperando tradução, e como a menina do Piano Bar, nós já nos seguramos a beira de penhascos mais vezes do que lembramos. Dona de olhos negros densos, os olhos delas escondem mais que revelam, e se não te dão respostas, te dão a segurança que apenas um mar escuro e misterioso pode trazer. A solidão que se mistura a coisas doces é algo que poucos entendem numa sociedade que enxerga as coisas em preto e branco. Seus olhos de jabuticaba sempre souberam me entender quando eu não podia me explicar.

Há algo sobre ela que é peculiar. Sempre houve.Inteligente como poucos, se eu fechar meus olhos, eu posso ver o modo como ela se mexe ouvindo uma música que ela gosta ou como ela se anima falando de algo que gosta. Como nunca nos falta assunto, assim como o silêncio nunca é estranho entre nós. Mas se uma parte de mim  fica triste por não poder abraçá-la hoje, outra parte se sente feliz por ela ser minha melhor amiga. Estranhas como só nós, somos feministas (radicais), bruxas e lutadores juntas, compartilhamos segredos de liquidificador pela vida, e seguimos juntas, apesar da distância, do tempo e das dificuldades.

Como Bukowski já disse, 200 anos atrás eles teriam nos queimado na fogueira. Sempre estivemos muito perto. A Utopia sempre é uma companheira de luta, e ela sempre me inspirou a ser uma pessoa melhor e forte. Ela é a mulher mais linda que eu conheço também. Porque ela não é apenas uma embalagem, mas ela é ela mesma, sensível, cheia de personalidade e lindas marquinhas de nascença. É inteligente a sua maneira quase tímida e muito dura, e eu posso ver Sallinger falando sempre que ela fala, me dizendo pra refletir mais e ter coragem, posso ouvir Dom Quixote em sua voz, compartilhando comigo as causas perdidas pelas quais lutamos, posso ver reflexos de Jane sob aqueles olhos tão densos, olhando pra mim em perspicácia. E por trás de tantas palavras, posso ver Carl Jung, até um pouco de Foucault, e um tanto de Virginia Woolf e Nise Silveira, unindo-se a personalidade incrível que ela já tem e aquela inteligência que ilumina – e vai iluminar – ainda mais mais caminhos.

E hoje, ela completa 23 anos. Nem todos entendem quando digo que ela é amor da minha vida. Primeiro, porque as pessoas não entendem o amor pra além do estereótipo erótico da sociedade ocidental. E senhores, a amizade é o amor mais forte que existe nesse ocidente decadente. Segundo, porque o amor entre mulheres não é compreendido, mesmo hoje, as pessoas pensam que amizades de mulheres não duram, pois acham que mulheres devem estar sempre competindo entre si. Mal sabem eles, o poder que a sororidade e a irmandade feminina pode ter nessa sociedade falocêntrica. E se alguém me ensinou sobre sororidade, com certeza foi ela.

E eu a amo, na saúde e na doença, na alegria e na tristeza, daqui até o fim do mundo. Somos nós duas contra o mundo. Sempre foi.

 

NOTA: o nome dela não será incluído nesse post, para mantê-la segura de possíveis ataques que são realizados massivamente contra feministas que não se alinham as correntes liberais, queer e seus afins.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s