‘Minha Ansiedade tem Ansiedade’

O fim do mundo é todo dia da semana. Cada toque do relógio é um estalo de chicote relembrando a dor de segundos que escorrem pelos dedos enquanto a paralisia segue entre 4 paredes com um computador e um texto marcado e revisado pela vigésima vez.
O silêncio agride, a rejeição é aguda mesmo quando nem parece ser rejeição pra outrem. Ansiosos são de outro mundo, uma gota é um oceano, cada tropeço é uma queda. O amanhã é a sombra virando a esquina que te engole no presente e te envia pro passado. É o monstro marinho com quem você luta todos os dias.
Sentimos em exagero da tragédia ao amor mais intenso. Exagerada mas jamais jogadas aos pés. O mundo acaba e começa todo dia, mas as pessoas sequer tem consciência disso. A ansiedade tem ansiedade e ela te devora com olhos castanhos que anunciam tempestades.

11692634_846887905397419_213113778838733476_n

( em 01/07/2015 )

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s