Cartas para Jane, I

Querida Jane,
Esse é um século confuso. Mais do que nunca, lembrei-me lembrei dos seus sábios conselhos e dos ensinamentos de como ser uma mulher forte em um mundo que já não vale a pena, e em que todas as pessoas tentam limitar-lhe dentro das suas próprias regras esdrúxulas e conservadoras.
Quantas vezes eu pensei na falta que fazem suas recomendações sobre leitura e a ênfase em ‘improvement your mind by extensive reading’. O que seria da vida, sem os livros, e certamente, sem as suas palavras, em um lugar em que já não se lê mais , e em que o egocentrismo, que tanto repudiastes, está em alta? a Literatura é sempre a melhor companheira. E suas palavras de como as mulheres deveriam usá-las fazem sentido. As mulheres que leem são realmente perigosas.
E ah se soubesses o que fazem com suas palavras! pra quem criticou o casamento como obrigação da mulher, recusou-se a dedicar uma obra pra rainha e morreu criticando a hipocrisia e o narcisismo da elite, estás sendo mal utilizadas por ditas ‘mulheres de direita’ que usam suas palavras como se elogiasses exatamente o que criticas. Esqueceram que não fostes reacionária, mas sim revolucionária, desafiando os modelos de mulher em uma época em que isso não era permitido.
És o meu exemplo, miss Austen. Em qualquer uma de suas obras encontramos mulheres fortes como personagens centrais, mulheres humanas com erros e que não são simplesmente um amontoado de lábios enfeitados e decotes pra serem observados. Séculos atrás o que já lembravas, parece esquecido. E até lutar por igualdade tornou-se piada e razão de ofensa. Fico feliz que não vivas em um século em que com todas as modernidades as pessoas ainda defendem estupradores, acham que meritocracia é um caminho possível (porque obviamente tem condições pra acreditar nisso) e ainda não acham que homens e mulheres possam ter direitos iguais.
E por isso, te agradeço. Te agradeço pelas palavras que nos deixaste de sabedoria para sobreviver sem nos afogar em um mundo em que ‘egocêntrico’ é elogio. Por ter nos deixado tantas mulheres incríveis como exemplo e por ter nos ensinado a não nos rendermos aos maiores canalhas que encontrarmos. Obrigado pela crítica tão atual aos valores morais manchados pela hipocrisia daqueles que o defendem.

(  em: 16/12/2014 )

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s